Share |

Refinaria Balboa ameaça o Guadiana

Rio Guadiana

Há uma petição na net que todos devemos assinar

O processo está suspenso, mas não está morto!!!

Destinatário: Governo Português, Assembleia da República e Grupo Gallardo

Refinaria Balboa no Guadiana Não 

GUADIANA, ALQUEVA E ALENTEJO EM RISCO

O Governo espanhol promete acelerar o processo relativo à refinaria Balboa, unidade industrial que o grupo Gallardo pretende construir perto de Badajoz e que tem provocado os protestos de ambientalistas de Portugal e Espanha. Maria Teresa Fernández de la Vega, vice-presidente do executivo de Madrid, assegurou em Mérida que há esforços para garantir um desfecho mais rápido.

Localizada bem no interior da bacia do Guadiana a cerca de 50 quilómetros da fronteira portuguesa, esta refinaria, pode vir a transformar-se num perigoso veículo de “contaminação com hidrocarbonetos das águas superficiais e subterrâneas, incluindo a albufeira do Alqueva e os solos do leito e margens do Guadiana”. A qualidade do ar também pode vir a ser afectada, dependendo da condição atmosférica, em consequência das “emissões gasosas da refinaria nomeadamente, compostos orgânicos voláteis, emissões de óxidos de azoto acidificantes e precursoras na produção de ozono” sustenta a PCRN.

Segundo estudos da Universidade da Extremadura, os riscos de contaminação do ozono troposférico lançado pelas chaminés, que se poderão propagar num raio de 140 quilómetros, atingindo algumas freguesias do concelho de Évora, já as descargas da refinaria seriam efectuadas para rios afluentes do Guadiana, "nomeadamente o Guadajira, afectando todo o projecto de regadio do Alqueva, podendo mesmo vir a contaminar as praias de Vila Real de Santo António.

Em Portugal as restrições de ordenamento de Alqueva são a um nível quase insuperável. Em Espanha acontece exactamente o oposto a permissividade é a palavra de ordem.

Mas afinal que raio de democracia europeia é esta, mais que é feito do convénio luso/espanhol relativo a questões ambientais? Afinal que coordenação ambiental é a da união europeia? 

Afinal do que é que o governo português está á espera para se manifestar conta este projecto? Para além dos riscos em termos ambientais, ainda existem todas as actividades económicas associadas ao projecto Alqueva, são custos demasiado elevados, pondo em causa investimentos de centenas e centenas de milhões de euros efectuados em Portugal.