sociedade

Sociedade
Maio 20, 2007 11:00 PM

Com a Escola que o Estado Novo impôs em Portugal, mais de 30% da população portuguesa era analfabeta em 1974. Em alguns países do Norte da Europa, o analfabetismo tinha sido erradicado no final do século XIX! Mas em Portugal a ignorância foi uma arma de um regime que censurava a informação e proibia as liberdades políticas.

Sociedade
Abril 28, 2007 11:00 PM

O núcleo de Vila Real de Santo António do Bloco de Esquerda recebeu um convite dos Presidentes da Câmara e Assembleia Municipais para intervir na sessão solene comemorativa dos 33 anos do 25 de Abril que se realizou no Centro Cultural António Aleixo. No entanto, em nenhum momento da Sessão o Presidente da Assembleia Municipal solicitou a intervenção do BE.

Sociedade
Fevereiro 20, 2007 12:00 AM

Cara e curta foi a festa de Carnaval promovida pela Câmara Municipal de Vila Real de Santo António: um desfile que ocupou o centro da cidade durante parte da tarde de domingo e ajudou a encher os estabelecimentos de cafetaria durante duas ou três horas. Ao fim da tarde, quando o centro da cidade já estava deserto, ainda restavam muitos foliões disfaraçados para a ocasião nas ruas de Ayamonte e os restaurantes dessa cidade fronteiriça estavam cheios com os turistas portugueses.

Sociedade
Fevereiro 10, 2007 12:00 AM

A partir de hoje deixará de haver mulheres a atravessar a fronteira de Vila Real de Santo António para fazer abortos em clínicas de Huelva ou Sevilha: o povo protuguês decidiu em referendo que essa prática deve deixar de sur punida como crime e que cabe ao Estado criar condições adequadas para essas intervenções médicas.

Sociedade
Janeiro 30, 2007 12:00 AM

O núcleo de Vila Real de Santo António do Bloco de Esquerda programou as seguintes acções de campanha pelo VOTO SIM no referendo sobre a despenalização do aborto.

Opinião

A causa palestiniana é uma das mais justificadas lutas de um povo, senão a mais baseada e de há mais tempo, no chamado “direito internacional”, mas que em contrapartida é a que menos se concretiza. Pelo contrário, é aquela que, paulatinamente, mais é destroçada e reprimida pelo estado colonizador, Israel, com a cumplicidade das potências que o sustentam (EUA em primeiro lugar) e a impotência ou o cinismo da restante “comunidade internacional”.

Presentemente, em Olhão, faltam casas para venda ou arrendamento e as poucas que existem atingem preços elevadíssimosComo satisfazer a necessidade de habitação dos jovens e das famílias mais carenciadas? Para resolver este problema tem que haver investimento municipal e vontade política para utilizar os instrumentos e condições disponíveis. É então possível minorar a grave carência de habitações com que atualmente os  olhanenses se vêm confrontados